I have joined Anti-IF Campaign

Atualmente as empresas estão cada vez mais dependentes da TI para alcançar seus objetivos de negócio, obter resultados positivos e atingir um diferencial no mercado. Desta forma, a tecnologia da informação deixou de ser apenas um provedor de serviços, cujas despesas devem ser controladas, e passou a atuar como um parceiro, com orçamentos voltados à estratégia do negócio e gerenciados como um investimento.

Ao longo desta transição, os planos de negócio das instituições ficaram cada vez mais complexos, obrigando a TI a desenvolver processos cada vez mais maduros, com ciclo de vida bem definido e levando em consideração outros marcos de regulação e modelos de gerenciamento. Com isso, surgiu a necessidade de implementar uma Governança de TI eficiente, a fim de transparecer o trabalho do departamento de tecnologia da informação, reduzir gastos, gerenciar riscos, agregar valor ao serviço e principalmente mensurar o retorno sobre o investimento em tecnologia.

Continue lendo